quarta-feira, maio 02, 2007

Mídia e patrocínio





Soube que o Marco Weissheimer, do RS Urgente,vai migrar de seu blog ultra famoso na blogosfera para uma página propriamente dita. O desafio de programar em html e fazer frente a uma nova plataforma muito mais dinâmica é a maneira do Marco continuar vivo e produzindo.

Ser jornalista e de esquerda traz várias desvantagens e muitos inimigos poderosos, Marco vai tentar viver de bits e bytes vendendo espaço publicitário na sua nova página. Isto me levou a imaginar quem anunciaria no RS Urgente, vejo tanto FDP com anúncios coloridos nas suas páginas só para mentir e defender o indefensável.

Espero que o projeto seja vitorioso e sirva de modelo a outros de igual magnitude, a blogosfera é um espaço democrático, de baixo custo e grande impacto. Na minha opinião só a esquerda consegue despertar paixões válidas de solidariedade, com inventividade e conteúdo. O dinheiro compra muita coisa bonita, mas criatividade e senso crítico não é o forte do regime vigente.

Viajei.





Powered by ScribeFire.

4 comentários:

Cristóvão Feil disse...

Folgo em sabê-lo, prezado Meia Cinco. Mas não viajaste, não. Análise correta.
Abç.

Jean Scharlau disse...

Opa! É isso aí - investir e plantar.

Jean Scharlau disse...

Sugestão comodista: já que fazes moderação dos comentários, que tal tirar as letrinhas chatas de confirmação?

Claudia Cardoso disse...

O capitalista gosta de números. Em caso de muitos acessos, a empresa nem está aí se o blog é este ou aquele. Quem se preocupa mais é o dono do blog: imaginem a Aracruz como patrocinadora do sitio onde estou hospedada por ex.? Como fica a imagem do blog, associado a esta empresa? Realmente, o patrocínio é o enorme problema de qualquer mídia de esquerda.