quarta-feira, maio 09, 2007

E agora? Quem é desequilibrado?

Saiu hoje no Vide Versus:



GOVERNADORA YEDA CRUSIUS RECEBE EXPLOSIVO COQUETEL DE INFORMAÇÕES CONTRA GESTÃO DO PRESIDENTE DO BANRISUL



Nesta terça-feira, por volta do meio-dia, foi entregue ao serviço de inteligência da Brigada Militar, lotado junto ao gabinete da governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), por um advogado gaúcho respeitado, documentação e informações completas sobre como funcionaria e ainda estaria funcionando um esquema de desvio de recursos no Banrisul. Conforme esse advogado, foi detalhado o roteiro completo de como se processa a intervenção de duas empresas de comunicação, de propriedade de dois irmãos, diretamente ligados ao PMDB, que controlam os serviços das agências de publicidade prestadoras de serviços ao Banrisul. As agências são a DCS e a Dez Progaganda. Em conhecida agência de automóveis importados de Porto Alegre estariam estacionados carros importados prontos para serem vendidos, para lavar verbas auferidas em operações não republicanas de publicidade do banco estatal gaúcho. Contas bancárias estão sendo investigadas por autoridades envolvendo pessoas ligadas ao presidente do Banrisul. Quatro empresas terceirizadas dos dois agentes-irmãos terão de prestar informações na Polícia Federal, na sede localizada na Avenida Ipiranga. A governadora Yeda Crusius já tem conhecimento da denúncia. Um dos depoimentos prestados é devastador, detalhando item por item a operação, e se constitui em uma gravação de 43 minutos.

Nada como um dia após o outro.









Powered by ScribeFire.

3 comentários:

cassio disse...

Ahhhhhhhhhhhh! Mas então o desequilibrado tinha razão! Então tá! Após tanto empenho da Governadora em defender o presidente do Banrisul, acho difícil que não haja nisso tudo um cheiro de pagamento de dívidas de campanha!

cassio disse...

Aliás, um máu cheiro!

Claudia Cardoso disse...

Também repercutimos. Temos que fazer barulho!