domingo, novembro 26, 2006

Guerra civil no Iraque



Os americanos relutam em admitir que estão no meio de uma guerra civil no Iraque, esta foi a justificativa do governo americano para o rotundo fracasso na Somália. A desorganização das operações militares que envolviam forças de vários países de diversos idiomas e interesses divergentes para envolverem-se no conflito e a incapacidade de identificar os lados no conflito. Todos os lados atavam as forças estrangeiras.

A Somália não foi um Vietnam apenas porque as tropas saíram rápido de lá após correta avaliação de que era impossível existir uma vitória de quem quer que fosse.

No atual Iraque quem pode dizer quem são os sunitas, xiitas ou kurdos? Eram todos Iraquianos e jamais voltarão a ser, a única coisa em comum é o idioma árabe e a ocupação estrangeira. A única riqueza é o petróleo que agora pertence aos EUA e Reino Unido que continua fluindo enquanto quase 3.000 pessoas já morreram nesta guerra imperialista que destroi um país outrora soberano e rico.

As tropas permanecerão ocupando o Iraque, apesar da guerra civil apenas para garantir o petróleo, ao contrário da Somália o fracasso se justifica pelo lucro de alguns poucos e morte de milhares.





powered by performancing firefox

Um comentário:

Manuel Neves Bancaleiro disse...

Tem um Blog interessante....
Hoje em dia a transmissão de conhecimentos e de opiniões através da blogosfera é algo que os poderes instituídos jamais conseguirão controlar.
Força...não nos deixemos manipular...independentemente de divergências ideológicas ...credos ou religiões.
Adicionarei o seu Blog como link ao meu blog, se para tal me conceder autorização.
Obrigado
Pode ler Manuel Bancaleiro - Algumas Verdades em:

http://manuel-bancaleiro.blogspot.com

Manuel Bancaleiro