quarta-feira, novembro 22, 2006

Aumenta o consumo do pobre

Deu na Folha, os mais pobres consumiram 11% a mais no governo Lula, sua cesta básica pulou de 21 para 27 produtos, alavancados pelo aumento dos salários, acesso ao crédito e programas sociais como bolsa-família.

E tem babaca que não consegue entender o processo de redistribuição de renda mais eficaz em andamento no mundo produzido por Lula, remoem-se na retórica elitista e sentem-se traídos pelos miseráveis infiéis.

Coitados assistem o trem da história passar boquiabertos...

2 comentários:

Stanis Fialho disse...

Pois é! e o PFL que batia no bolsa família aprovou no senado o 13° para quem recebe o benefício.

agente 80 disse...

caro amigo stanis, é claro que isto é apenas mais uma demonstração do tamanho da hipocrisia do PFL, que é senão o mais, um dos mais reacionários partidos de direita no Brasil hoje.