quarta-feira, agosto 22, 2007

Governo Yeda cheira mal

Tia Teda não quer falar sobre o assunto


Em março no auge do escândalo das consultas, que até o momento não foi esclarecido, o Chefe da Casa Civil, o deputado Fernando Záchia (PMDB) exonerou Martinho Brum, irmão do deputado Paulo Brum (PSDB) vice-presidente da Assembléia, por seu envolvimento na máfia das consultas e seu nome surgiu em gravação da RBS TV.
Naquela ocasião, Záchia garantiu que não tinha conhecimento do assunto. Na base do nem me viu. Porém garantiu com seu colega de partido e presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente Alberto Oliveira (PMDB) que o tema não fosse debatido na Assembléia. O palácio operou a maior operação abafa para ninguém falar muito tempo na corrupção dentro do governo e envolvendo parlamentares da base do governo.
Agora nova denúncia. Santa Izabel Paludo (PHS), ex-servidora da Assembléia e recentemente lotada no palácio Piratini foi exonerada na surdina por participar do escândalo dos selos. Ela seria um dos pivôs de Macalão no esquema.
Em menos de quatro meses dois escândalos na ante-sala da governadora e afirma que nunca tinha cruzado com a Santa, é como se nada tivesse acontecido. está na hora de passar a vassoura no governo de Tia Yeda e "limpar"a corrupção que está por ali gorjeando.



Powered by ScribeFire.

4 comentários:

Claudia Cardoso disse...

Linquei dois dos teus textos no Dialógico. Precisamos marcar a mídia de cima em virtude deste escândalo. Abraço!

silvia disse...

Se fosse alguém do PT seria capa da zero hora, com letras garrafais, os deputados e senador envolvidos com os selinhos também ninguem sabe, ninguém viu, quanta hipocresia, os defensores da ética e da moral estão envolvidos até o pescoço. Bastou a Policia Federal chegar nos Pampas que foram desmascarados. Aliás, onde está a investigação rigorosa que o almofadinha Frederico Antunes faria nos contratos, o sinismo é demais ou melhor, má fé mesmo...

silvia disse...

corrigindo... cinismo

miguel grazziotin disse...

O RS, juntamente com SP, vive uma partidarizaçao " à goebbels" pela direita jamais vista! Nao esperemos nada, e quanto mais proxima a eleiçao de POA, pior ficará....