quarta-feira, abril 11, 2007

Ciumeira e bandidagem





O episódio lamentável sobre a segurança pública do estado onde nada fica muito claro e todos estão divididos e atônitos. De um momento para outro o queridinho da mídia no governo da tia Yeda, o secretário Ênio Bacci passou a ser o judas e é atacado pela corporação e estaria demissionário.

Sem dúvida há muito ciúme nisto tudo, num ambiente de crise aguda de fundos a secretaria de segurança goza de bom fluxo de caixa e mídia à vontade enquanto outros secretários só falam em cortes e suspensão de serviços. Sobre isto já tratamos aqui há um mês atrás, era uma crise anunciada.

Mas existe um outro elemento no episódio. O ex-secretário Bisol apontou uma banda podre na polícia no estado, afastou delegados e abriu inquéritos para proceder uma "limpa" na cúpula da polícia. Todos lembram a pressão que sofreu o governo Olívio na ocasião com uma gritaria bárbara e desgaste profundo do governo. Rigotto  num dos primeiros atos de seu governo, renomeou TODOS os delegados investigados nas suas respectivas delegacias, foi o estilo Germano de gerenciar a polícia.

Otávio Germano entregou a polícia para a polícia mesmo se gerir, foi uma festa.  Das investigações que envolviam delegados e o crime organizado no estado nunca mais se ouviu falar, até agora.

Tudo volta à tona e com força. Digo que existe algo de muito errado nesta área e há muito tempo, se Bacci está envolvido em denúncias verdadeiras ou não é o menor dos problemas. A cúpila da polícia é exatamente o que a população imagina e teme, estamos nas mãos de gente muito perigosa e duvido que a tia Yeda faça qualquer movimento no sentido de equacionar o problema, ela só quer o fim da crise. O resto deixa assim.





Powered by ScribeFire.

Um comentário:

DANIEL PEARL disse...

O Brasil continua vivendo períodos trágicos por erros dos políticos e parte da Sociedade burguesa. As grandes injustiças começaram no início da colonização do Brasil, a matança de mais de 7 milhões de índios e em seguida a escravidão dos negros africanos. A falta de reformas, tanto agrária, social, política, tributária, educacional levaram nossa Nação aos "caos" de seus 507 anos. A pior chaga do país na minha opinião, vem dos meios de comunicações. Seis famílias imperialistas administram a pauta que a Nação deve ingerir semanalmente, através de revistas, rádios e televisão, sem nenhum compromisso com a verdade e a ética; O Quarto Poder (a Mídia) intimida o poder Executivo com suas manchetes sensacionalistas, levando a situações embaraçosas para o presidente Lula e seus Ministros. Invenções, mentiras e calúnias são fabricadas pela Mídia Golpista, preparando o caminho para as eleições presidenciais de 2010. O poder financeiro desses grandes grupos empresariais está em jogo e não o bem estar da população brasileira. A Sociedade Civil vem percebendo algo de errado, e o sinal foi dado pela última pesquisa de popularidade do presidente Lula. Chegou a hora de juntos reconstruirmos os sonhos de uma grande Nação, chamada Brasil, e também uma limpeza geral na mídia nacional. O Editor do Desabafo País - http://desabafopais.blogspot.com.