quarta-feira, fevereiro 28, 2007

Berfran e o "reflorestamento"

O deputado Berfran Rosado (PPS) fez na terça uma homenagem na assembléia as iniciativas de reflorestamento que "florecem" recentemente no estado. O parlamentar é o líder(?) da Frente Parlamentar Pró-Reflorestamento e cobra o que chama de "coerência" no zoneamento de plantio aqui no estado.


Claro que "coerência" para o nobre deputado é o seu ponto de vista. E qual é o ponto de vista do deputado? Bem, ele foi um dos que foram no trenzinho da alegria à Finlândia visitar a sede da Stora Enso e voltou de lá maravilhado. Sei.

Teria sido útil ao representante dos gaúchos que na viagem se informasse da legislação finlandesa para a implantação e operação do ciclo da celulose naquela país, ele entenderia uma das razões da empresa querer se instalar aqui. Mas não satisfeito com a permissividade da nossa legislação, entende o deputado que o empreendimento é tão grandioso e belo que licenciamento e estudos de impacto são "incoerências" a serem eliminadas, talvez.

Outra questão interessante é notar que o que o deputado chama de floresta, na verdade é o plantio de uma só espécie. Floresta aqui no âmbito sub-tropical em que estamos inseridos é outra coisa bem diferente. O eucalipto é uma árvore nativa na Austrália, aqui onde se planta esta espécie, nem passarinho pousa.

Este "modelo" de "desenvolvimento" a qualquer custo não será tolerado pelos gaúchos e não importa a quantia de dinheiro que as empresas envolvidas coloquem na nossa mídia ou em qualquer outro setor venal.... Não.

Os técnicos da FEPAM aproveitaram a virada do ano e a troca de administração para vazar o seu relatório. Sabiam que a pressão institucional do governo que entrava seria forte para que os argumentos fossem traduzidos para a música tocada desde a escandinávia.

Este estado tem leis ambientais que não são perfeitas, mas serão cumpridas na íntegra. Queiram o deputado e seus "amigos" ou não.


Technorati Tags: , , ,



powered by performancing firefox

2 comentários:

Hélio Sassen Paz disse...

Cara,

Torço com todas a minha energia para que a legislação ambiental do RS seja 100% obedecida e 0% alterada a favor do deserto verde.

[]'s,
Hélio

COLOSSI disse...

Em dezembro estive de férias e andei rodando em algumas rodovias do RS. Além de ter visto antigos pomares cítricos cederem lugar a atuais plantações de eucalipto...em conversas la pelos lados de Jaguari,RS, me comentaram que tem muito plantador, trocando as culturas de arroz e outras, pelo plantio de eucaliptos...pelo visto em algo perto de 20 anos, estaremos COMENDO EUCALIPTOS!
Luiz Colossi, Guaiba,RS