quinta-feira, março 20, 2008

Anônimo brabo


O anônimo não gostou e reclamou! Aqui vai a resposta.

Sabe, jamais imaginei que as prévias do PT fossem provocar tantas manifestações apaixonadas. Minha opinião reproduzida aqui no Agente parece ter ofendido companheiros, não era a intenção.
Avaliar a derrota de Rossetto pela ajuda da maioria nacional é um reducionismo e uma tentativa de não permitir uma análise mais profunda. A maioria nacional já vinha ganhando espaço e isto se mostrou na prévia, várias zonais já sinalizavam uma guinada ao centro. A maioria nacional sempre teve o RS como uma pedra no sapato e sempre tentou se fortalecer por aqui com todas as suas estratagemas conhecidas, mas antes nunca havia dados certo. Porque agora funcionou?
Bem, se alguém conseguir responder esta questão objetivamente terá equacionado o processo inteiro. Maria do Rosário está há longos anos trabalhando para chegar a prefeitura, não há reunião do OP ou de Centro Comunitário que ela não esteja presente. A sua atuação na área social, fiscalizando e cobrando ações do poder público é indiscutível. As pessoas conhecem Maria do Rosário e já conversaram com ela em alguma oportunidade, tem uma grande empatia e tem fama de brigona (o petista adora este perfil).
Rossetto esteve muito tempo na grande política, um dos quadros mais capacitados do partido e dos dirigentes mais confiáveis da sua geração. Fez uma campanha para senador fantástica, quando iniciou a TV as pesquisas mostravam ascensão, quanto mais ele falava mais as pessoas conheciam ele e passavam a apoiá-lo. Infelizmente não conseguiu a vaga de senador, mas foi uma linda batalha.
Creio que o forte envolvimento da campanha de Miguel com as correntes organizadas do partido e através delas fez sua organização, foi o seu calcanhar de Aquiles. O PT não tem mais a organicidade na sua base com há alguns anos, é comum os diretórios estadual e municipal de Porto Alegre não darem quórum. As correntes não mais se preparam teoricamente ou sequer se reúnem, praticamente não existem mais, são apenas referencias teóricas genéricas. Os petistas em sua maioria estão espalhados por aí, soltos.
Um amigo de Porto Alegre foi visitado em casa três vezes para votar na Rosário. Chamavam ele pelo interfone! Imaginem o militante que se recolheu depois dos episódio nefastos pelos quais passamos, afastado do partido e meio fulo com a tudo, sendo visitado com uma proposta de roupagem nova, o apelo feminino, e tantas outras coisas bem utilizadas pela turma da Rosário.
Só dinheiro não explica o sucesso. Sem organização e dedicação os resultados não aparecem. Foi como a vitória do Juventude contra o Internacional. Objetivamente impossível de acontecer, mas factível para quem não desiste. (Desculpem a fraca analogia com o futebol).
Acalmem-se os exaltados e tirem as lições desta derrota. Vamos para a rua fazer campanha, pois Fumaça está rindo da nossa cara.


Powered by ScribeFire.

9 comentários:

Anônimo disse...

Relaxa... eu sou o Luís, e apenas quis dizer que "candidata-da-base x candidato-dos-caciques" é uma falácia da grande imprensa gaúcha, que é perigoso a gente ficar reproduzindo... sabemos bem os significados mais amplos das disputas políticas e os interesses que os órgãos de imprensa representam.
Mas as razões para a vitória da Rosário são muitas, incluindo o seu forte trabalho pessoal, que admito e admiro.

Olair disse...

Acho que a vitória da Rosário não queira dizer que os "caciques" estejam perdendo seu "poder". Acredito que deva ser creditado ao grande trabalho que ela sempre fez e a sua presença constante e efetiva nos embates/debates em todos os pontos de Poa. Agora o PT é Rosário, independente de linha, corrente, tendência. Até porque, todos os comentários nos meios de comunicação é que desta vez a prefeitura será ocupada por uma mulher, então o PT está fazendo a sua parte.

claudia cardoso disse...

O que me chamou a atenção nestas prévias, foi o alto índice de abstenção dos filiados. Achei muito interessante a pauta sobre o baixo quórum, porque penso que aí reside uma pedra no sapato a ser retirada.
Para uma campanha eleitoral do PT, agora em POA, há necessidade de fôlego, de pôr o bloco na rua, sentar ao lado dos indecisos e convencê-los de que a candidatura petista (ainda que mais cor-de-rosa do que vermelha), independente do candidato da vez, sempre será melhor do que qualquer candidato de direita.

Agente 65 disse...

Querida Claudia, na verdade o quórum foi elevado! Nunca o índice de participação foi tão alto, mesmo no início do Partido.
Quando da fundação, as eleições eram indiretas através de delegados de base e a participação efetiva era ridícula. Agora milhares de pessoas expressam sua opinião, no voto e infelizmente sem muito debate.

claudia cardoso disse...

Eu li sobre o bom nº de votantes nesta prévia, mas fiquei impressionada com a vitória apertada da Rosário X nº total de filiados - foi esta a conta.
Por outro lado, não foge muito à regra da porcentagem de votos, quando uma eleição permite o voto facultativo. Pelo mundo afora, na prática, 40% do eleitorado decide executivo, legislativo e judiciário (qdo é o caso).
A Rosário está sendo esperta - deve ser orientação dos organizadores da campanha - nas respostas que dá frente às suas adversárias. Está seguindo a regra "não assuste a classe média": cautela, prudência, suavidade nas intervenções. Acho uma merda, quando se "desvirtua" a política, mas, em se tratando de um eleitorado midiotizado, a tática é válida.

Agente 65 disse...

Querida Cláudia, na verdade a diferença foi maior do que aquela entre Olívio e Flávio em 1989, naquela ocasião Olívio foi escolhido por 6 votos a mais que Flávio Koutzii num universo de quase 2000.
Os 40% de votos facultativos na verdade são para as eleições propriamente ditas e não prévias partidárias onde os números são muito menores.
Quanto a estratégia de campanha da candidata petista, acredito que será uma longa campanha cheia de altos e baixos, pode ter certeza.

Anônimo disse...

mais uma vez, parabéns.
Debates inteligentes é o que se espera neste tipo de blog.
Não lembro qual foi o maior quórum em uma eleição interna do PT, mas sempre ficou bem abaixo dos aptos a votar, o que é muito natural em se tratando não só de voto facultativo, mas de um direito que só pode ser exercido se o filiado pagar , mesmo que sejam apenas R$5.
Outra questão importantíssima. Com todos os seus problemas, apenas o PT é capaz de uma coisa dessas: mobilizar milhares de pessoas para, em um domingo de sol, votarem a candidatura do partido.
Quanto à estratégia de campanha, eis o ponto nodal. Entre as muitas causas da vitória do Fogaça esteve o óbvio slogan "fica o que tá bom, muda o que não tá". O que o PT terá a dizer para não só desmascarar a farsa do Governo Fogaça, mas para apresentar algo que convença as pessoas a votarem no partido?
César

vitório rosário cardoso disse...

quem quer comprar carne de 1ª qualidade é favor de me contactar...vendemos carne fresca do sudoeste asiático.Carne tenra e fresca ( ainda menores)de primeira mão, sem doenças contaminadas, algumas ainda usa fraldas....vitório é prova de qualidade. também tenho bom vinho, da terra do meu avô, loucor beirão acompanhado com o chouriço português do meu avô...ainda tenho pra vender os meus tomates, ainda virgens e frescas...acompanha de suco bem doce...pois confeço que tenho diabetes, ainda vendo em saldos bananão bem grande de de marca tiu monte, acreditam que nunca virão banana tão grande e rígida, também acompanhada de suco que é especialidade da casa...não esqueçam que também tenho chourição (dos grandes)à venda e tão boa qualidade que até se vibram...fazemos entregas ao domicílio...para terminar apresento-vos o meu chouricao de burro, directamente do meu quintal sempre de melhor qualidade, e garanto-vos quevao ficar mais espertos depois de comer chouricao de burro

saudações

Vitório Rosário Cardoso disse...

Exmo(a). Senhor(a),

Solicito que sejam apagados todos os comentários assinados com o nome "vitório rosário cardoso" uma vez que foram publicados por um "clone", que tem como intenção de denegrir e difamar.
Este caso já está a ser seguido pelas autoridades policiais competentes.

Atenciosamente,
Vitório R. Cardoso

Dear Sir/ Madam,

Please delete all comments signed with the name "vitório rosário cardoso" because are not published by the original author but by a "clone" that only aims to damage my reputation.
This case is already followed by the police authorities.

Thank you for your attention,
Vitório R. Cardoso