sexta-feira, outubro 09, 2009

A rainha de copas foi às compras



Esta vó será motivo de vergonha dos netos!
Ao analisar a documentação vista pelo deputado Daniel Bordignon (PT) e ontem disponibilizada pelo governo, algumas informações ficam claras para os gaúchos e que devem ser reveladas. O governo só passou parte do que sabe e o fez porque não tinha saída, foi encurralado. A saia justa e o desconforto está estampado na cara de barão do século XXVIII que tem Otomar Vivian (PP).
A cena parece de cinema. A góvi foi nas lojas mais caras de móveis e decorações da capital e resolveu mobiliar sua nova mansão. Separada do marido (?), deixou o apartamento para o primeiro damo e foi para a mansão polêmica, fez uma enorme reforma nas suas dependências e com a casa vazia resoveu mobiliá-la.
Entrou na loja e escolheu a dedo, foi baixando:
- Me dá isto, quero dois daquilo...
Mandou entregar e disse que depois iam providenciar o pagamento. Assim foi feito, fizeram o processo de compra e pronto.
A corregedoria não gostou e devolveu o pedido dizendo que precisava de tomada de preço (orçamentos para comprovar o valor de mercado) e de justificativa para a compra. Afinal tratava-se de móveis infantis....
A secretária da governadora devolve o processo com a informação dizendo que os móveis adquiridos eram sem "comparabilidade", únicos, e que estavam em liquidação...., segundo  "sua excelência". Ora, em liquidação um cacete! Trata-se de lojas de madame, das mais caras da cidade! A lei de licitações diz claramente que se deve comprar pelo menor preço possível, o mesmo móvel na Ipiranga sai pela metado do preço, todo mundo sabe disto.
Comprar nestas lojas dá status, é chique. Comprar numa loja destas com dinheiro público é um escândalo, é esnbar com os meus impostos!




Powered by ScribeFire.

2 comentários:

César Bento disse...

Ao menos ela aprendeu o que é pantalha. gastou R$ 6 mil na "Casa das Pantalhas"

Anônimo disse...

Não vejo motivo para tanto alaúza.
Alguém que se levanta todo o dia e que não o faz por menos de 100 mil, pode perfeitamente pagar tudo ao final do mandato.
Alguém acha que Yeda vai ficar devendo algo em janeiro de 2011 ?