quarta-feira, junho 11, 2008

Sai Jair, entra Otomar

O PP desembarcou de Jair e já tem substituto:

O presidente do IPE, Otomar Vivian, foi confirmado pelo presidente estadual do PP, Jerônimo Goergen, como indicado do partido ao gabinete de crise. A siglateve que definir um novo nome após a saída de Jair Soares. Zero Hora

O que a ZH não explica é a razão da defenestração. Jair nunca foi privatista e discorda da maneira como estão as coisas na administração Yeda que aponta para a entrega geral de tudo o que for público, de estradas aos serviços do DETRAN....
Otomar Vivan ao contrário de Jair, apesar de serem do mesmo PP, é privatista de carteirinha e foi tropa de choque de Antônio Britto. O passado de Otomar o qualifica para fazer parte do governo de Yeda, tem o rabo preso, já Jair estaria muito livre.
A imprensa guasca, como diz a Nova Corja, passa ao largo do assunto.

2 comentários:

Pão disse...

Em meio ao funcionalismo estadual comenta-se que o Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (IPE) é prolífica fonte de financiamento de um certo partido, bem como de alguns de seus militantes e dirigentes estaduais. O Detran/RS teria sido – como dizem – café pequeno, perto do IPE.

no diario gauche
http://diariogauche.blogspot.com/2008/06/daer-o-prximo-alvo-de-cpi-na-assemblia.html#links

Otomar Vivan, foi indicado para o gabinete da crise porque sabe esconder muito bem um escândalo.

sisqueci disse...

Baixou o Caboclo Mussolini outra vez na Nova Corja. Tava demorando.

Coronel Mendes e o Fascismo Neo-liberal comandam.