quarta-feira, junho 25, 2008

Escândalo no DMLU!


Lixo vai dar processo para peixes grandes

Tem gente nervosa no paço municipal. Lembram do ex-diretor do DMLU Garipô Selistre que pediu demissão do DMLU depois de 14 meses à frente do setor encarregado da limpeza urbana de Porto Alegre. Com ele, deixam o DMLU o coordenador jurídico, Ariovaldo Perrone (procurador de justiça aposentado), o sub-coordenador jurídico, José Mendes Rocha, o diretor de Limpeza e Conservação, Geraldo Felipe, e o assessor técnico, Jarí Fontana dos Santos. Garipô foi para um cargo bem remunerado na PROCEMPA e Geraldo está trabalhando no paço municipal.
Houve uma série de denúncias envolvendo o edital de licitação do novo sistema de recolhimento de lixo de Porto Alegre. O TCE entrou na jogada, vereadores entraram com ação popular, parte de um longo e tumultuado processo. E a licitação afinal foi cancelada devido às irregularidades apuradas pelo Ministério Público que fariam com que Porto Alegre aplicasse o dobro do valor gasto mensalmente com a limpeza urbana da cidade.Ou seja, a conta do DMLU passaria de R$ 3 milhões para mais de R$ 7 milhões mensais.
Pois é. Diz o boato que o MP encerrou o inquérito e indiciou gente graúda em várias tipificações. Seria o escândalo da administração Fumaça! Aguardem!!




2 comentários:

heliopaz disse...

Agente,

Essa merda PRECISA SER COMPROVADA O QUANTO ANTES!!!

Essa merda PRECISA DAR UM CURTO NO VENTILADOR DA MÍDIA CORPORATIVA O QUANTO ANTES!!!

Entendes o que eu digo quando o problema da esquerda é falta de articulação?! Existe gente de esquerda que pouco ou nada se envolve com política que trabalha na mídia corporativa por causa do salário ou da visibilidade.

O lance é acionar esses caras de forma que, de vez em quando, publiquem algo contrário à diretriz dos pauteiros sem serem reconhecidos.

Tecnicamente, isso é possível, sim.

[]'s,
Hélio

Anônimo disse...

Vejam
http://www.mafiadolixo.adm.br/