quinta-feira, janeiro 22, 2009

ZH emburrece o leitor


Prende eles tudo, Protógenes!

O site do pasquim da Ipiranga hoje dá uma demonstração inequívoca do tipo de jornalismo praticado pelo grupo RBS. É inacreditável a capacidade daquela redação de distorcer e encobrir torturando a verdade.
O Ministério da Justiça, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal de São Paulo conseguiram finalmente identificar a propriedade dos valores bloqueados no exterior pela chamada Operação Satiagraha. São quase meio bilhão de dólares e de contas do Banco Opportunity. Estas contas financiaram os esquemas de corrupção ainda sob investigação. Conforme o Estadão, pode-se saber a relação do dinheiro e do banco com Celso Pitta, Naji Nahas e Daniel Dantas, nada disto o jornal gaúcho aponta.
Já em ZH, o leitor além de não saber a conexão do dinheiro com o mundo real (nome aos bois), ainda amarga uma conexão malévola do  delegado da polícia federal responsável pela investigação e pelas duas prisões de Dantas: Protógenes Queiroz citando supostas escutas ilegais e a processo disciplinar na PF. A intenção de ZH é aliviar o lado de Dantas, parceiro de longa data e patrão de Antônio Britto no banco que comprou a CRT privatizada por ele e aplaudida pela RBS.
Este blog apoiaria a proposta de uma estátua de Protógenes Queiroz na Praça da Alfândega, afinal ele foi o honrado servidor público que conseguiu a façanha de prender Dantas, duas vezes, um banqueiro! No Brasil! Alguém já viu isto antes? Protógenes é o cara, e ZH tenta desmoralizá-lo. Gostei ainda mais dele.

, , , ,

Powered by ScribeFire.

2 comentários:

Dialógico disse...

Publicamos, com os devidos créditos, no Zero Fora.

Jean Scharlau disse...

Boa! Protógenes para estátua na praça da Alfândega! Tô nessa!