terça-feira, janeiro 08, 2008

O exótico


Gosta de eucalipto e coleciona selos.


Nesta segunda-feira próxima três deputados gaúchos irão depor na Polícia Federal no estado sobre o Escândalo dos Selos. Dois deles já haviam sido citados na imprensa, Paulo Brum (PSDB) e Kalil Sehbe (PDT), mas surgiu um nome novo: Nelson Härter (PMDB).
Nelson Härter tem pautado seu mandato pela defesa alucinada das chamadas "florestadoras" que financiaram sua campanha eleitoral. Härter é inimigo da FEPAM e não gostou quando viu seu amado eucalipto ser taxado de árvore exótica, pois tem sua origem na Austrália, em resposta se intitulou exótico também.
Pois o exótico vai ter de prestar esclarecimentos na PF. Será que além de rolo com papeleiras ainda existe problemas com selos da Assembléia? Será?


Powered by ScribeFire.

2 comentários:

PALANQUE DO BLACKÃO disse...

Agente,

Pra começo de conversa, FELIZ 2008 e, como diz o tio Olívio, UMA BOA LUTA! ;)

No mais, papel é a matéria-prima dos selos. Se cavocar mais fundo, acho que aparecem ainda mais deputados e CCs bancados pelas papeleiras com alguma relação com o escândalo dos selos na Assembléia - nem que seja por omissão.

[]'s,
Hélio

Anônimo disse...

Uma simples investigação certamente mostrará que o eucalipto e as papeleiras também são culpadas até pela idade avançada do Fidel e pela poluição do arroio Dilúvio!