sábado, novembro 22, 2008

A pesquisa sobre a felicidade


Feliz?

Li no New York Times sobre uma pesquisa realizada pelo professor John Robinson da Universidade de Maryland que investigou as respostas de um estudo com 45.000 americanos com mais de 35 anos. Foram analisados de oito a dez atividades que pessoas felizes mais realizam.
Um dos resutados mais interessantes do cruzamento dos dados foi a constatação que a televisão demonstrou uma relação negativa, ou seja, que infelizes assistem mais TV do que os felizes. Acredito que isto seja ainda mais forte aqui no Brasil, pois a qualidade da TV aberta e o perfil dos seus programas é de chorar. A baixaria e o mundo cão são constantes na programação numa tentativa desesperada de consolar os depressivos espectadores. Porém o estudo não determina que a infelicidade das pessoas tenha origem no fato de assitirem televisão, mas simplesmete associar esta atividade a infelicidade.
Bem, mas quais são as atividades que as pessoas felizes mais realizam? Nos EUA, as pessoas felizes se relacinam com amigos, freqüentam a igreja e lêm jornal. A socialização é uma das necessidades mais primitivas do homem e me parece natural que apareça nesta pesquisa. A religião igualmente está presenta desde os primórdios do ser humano e é um consolo que explica aquilo que não consegue entender ou explicar. A leitura de jornal é uma prática que nos coloca no mundo e nos baliza em relação ao demais, aponta as similaridade e diferenças de forma íntima e pessoal.
A pesquisa é interesante e mostra que o comportamento humano é uma área que ainda tem muito para ser pesquisada e muito para ser entendida.

, ,

Powered by ScribeFire.

Um comentário:

Rodrigo Cardia disse...

Essa pesquisa é um argumento a mais de que nada é mais deprimente do que ficar o tempo todo assistindo TV...

Abraços