quinta-feira, dezembro 20, 2007

Governo canalha, imprensa idem


Botox e cara de pau não faltou. Merecemos?

Não tenho escrito muito ultimamente, não se trata de falta de assunto ou falta de inspoiração. Estou com os culhões cheios desta hipocrisia reinante no estado. Final de ano fico assim, menos tolerante e mais irascível.
Mas ZH hoje me tirou do sério. A manchete efusiva grita em letras grandes que a governadora anunciou cinco novos presídios no estado. Coisa linda. Só que nenhum centavo será desembolsado por Tia Yeda, a verba toda é federal. A grana é federal, mas para saber é preciso garimpar perdido no texto, de forma rápida e sem explicações. Trata-se do desdobramento dos encaminhamentos da visita do Ministro de Justiça à governadora no primeiro semestre, assim como as ambulância do Pan largamente noticiadas sua vinda ao estado como se fosse um presente do estado do Rio para os guascas.
O Correio do Povo segue uma linha menos explícita, mas igualmente idiotizante. O Sul inunda o leitor com tanta notícia misturada com outros temas e tantas opiniões conflitantes que se tornou um jornal neurótico. Não há vida na imprensa gaúcha, é o fim da picada. Mas isto reflete os gaúchos, a imprensa gaúcha só exacerba esta nossa face oculta e obscura.
Fumaça vai se reeleger e Rigotto retornará como a fênix e todos serão felizes. Os FDP de sempre continuarão com pensões, selos, diárias, cargos, fura-filas e outras, pois sem isto jamais se elegeriam. E somos nós que os elegemos, nossa responsabilidade.
Como disse, estou meio azedo ultimamente. Em breve volto mais calminho.


Powered by ScribeFire.

3 comentários:

Miguel Grazziotin disse...

Morei em POA por 6 anos, e por motivos familiares a visito seguido..transito na classe media que é de uma imbecilidade, facista, racista e se acha a mais profunda casta deste pais (AHAHAH!!!), e é ela que vai reelger o Fogaça, porque seu program favorito é o JA,ler aVeja, ouvir o Lasier....e em relaçao ao estado, é obvio que o choroso Rigottinho volta como vitima, tipo viram?? ela era má!!!
Lágrimas....

Anônimo disse...

Além da questão da grana ser do Governo Federal, o que é mais revoltante é o fato da comemoração de abertura de vagas em presídios, isto é a falência desta sociedade civil nojenta e hipócrita, pois deveríamos comemorar a abertura de vagas em escolas, universidades e na área da cultura,ai sim podermos melhorar a vida. Fica aqui um abraço e o desejo de um futuro mais iluminado prá humanidade, em especial esta do sul do país.
Carmelita

heliopaz disse...

Agente,

Tô que nem tu: muito intolerante e muito irritadiço. Algumas vezes por ano, me torno mais introspectivo.

95% dos meus amigos de infância e adolescência que se criaram no bairro Auxiliadora são reaças. Quando minha Lu e eu trabalhamos como fiscais da Frente Popular no colégio Vera Cruz ao lado da sede Alto Petrópolis do União, um vizinho do prédio (de uns 70 anos), olhou na minha cara, pegou meu crachá na mão, soltou e deu as costas sem dar uma palavra. Nunca mais cumprimentei o dito cujo no elevador.

Os amigos do Orkut são politicamente tapados. Outro dia, por ter os links para os nossos blogs deletados pelo dono da comunidade, ameacei sair fora, mas aí ele baixou a bola.

A minha família, então, nem se fala: no geral, têm uma visão política lamentável.

No mestrado na UNISINOS e nas reuniões com os blogueiros, parece que estou em um oásis. Quando eu e a Lu visitamos o irmão dela e quando saímos com um amigo e com um casal de compadres dela, também.

De resto, até meus raros amigos de infância que viraram empresário e executivo bem-sucedidos aburguesaram.

Triste. Muito triste.

[]'s,
Hélio