quinta-feira, dezembro 27, 2007

Corno garanhão


Corno, primeiro ministro e salafra


Sarkozy não me engana, é um demagogo de direta. Ele lembra o César Maia com seus factóides, manipula a mídia com maestria enquanto entrega o governo e a gestão para a canalha tecnocrata.
O genial foi que após a posse a esposa foi flagrada em cenas escabrosas com o amante. A ex-primeira dama mostrou ao mundo seus fartos dotes e iluminou o par de chifres na cabeça do primeiro ministro do tamanho da torre Eiffel.
Mas para sair por cima agora se deixa fotografar com uma "namorada" de aluguel desembarcando no Egito para um cruzeiro romântico. Quer se recuperar da imagem de homem traído para a de garanhão.
Isto não terá fim. O cara é corno e inventivo.


Powered by ScribeFire.

2 comentários:

Wander disse...

Como diz o Falcão, brega-cantor, todo catigo prá corno é pouco.

Wander disse...

castigo...