segunda-feira, setembro 22, 2008

Tucanos enrolados

Técnicos do TSE sugerem desaprovação das contas do PSDB em 2000
Um parecer da Coordenadoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias (Coepa), órgão técnico do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), propõe a desaprovação das contas do PSDB referentes ao ano 2000. De acordo com o documento, o partido apresentou irregularidades na utilização de recursos do fundo partidário.

Os técnicos consideraram graves as irregularidades identificadas nas contas do partido naquele ano, como documentos inidôneos, falta de documentos fiscais para comprovar despesas, documentos em desacordo com as legislações eleitoral, partidária e tributária, gastos com terceiros, falta de documentos de ingresso de receita na conta do fundo partidário e utilização de recursos públicos para gastos não permitidos na Lei Partidária.

O parecer ressalta que o PSDB gastou R$ 389.703,14 em recursos do fundo partidário com notas fiscais inidôneas emitidas por empresas fechadas. Diz ainda que o partido não apresentou nenhum documento de comprovação de despesas, com recursos do fundo partidário, no total de R$ 27.432,49. De acordo com o documento, os gastos do PSDB com serviços prestados a terceiros e não ao próprio partido, com recursos do fundo partidário, chegam a R$ 67.415,21.

, ,

Powered by ScribeFire.

Um comentário:

heliopaz disse...

Agente,

Como sou adepto das teorias da conspiração, especulo: VEJA e a ala FHC/AÉCIO/SERRA/ALCKMIN podem estar plantando uma subjetividade anti-políticos gaúchos porque DILMA e TARSO seriam os principais candidatos a sucessor de LULA (principalmente a primeira)...

Quem viver, verá: o próximo passo é contar a mesma história que o CRISTÓVÃO FEIL conta no DIÁRIO GAUCHE.

Mentir e omitir não são os únicos artifícios da produção textual de subjetividades: pode-se dizer a verdade no momento e até o limite daquilo que interessa a quem está bancando essa mídia.

[]'s,
Hélio